Tristeza, por favor vá embora;

Palestra Motivacional

Múcio Morais

Se você esta vivendo por muito tempo o luto por qualquer situação de vida, isso já está se arrastando tempo demais e afetando seu amor próprio, é tempo de se recompor e retomar as ações e pensamentos que te ligam a realidade, a tristeza é um sentimento doloroso, multifacetado, nos faz pensar, fazer e desejar coisas que normalmente não fariam parte de nossa vida, rouba nossa energia, nossa vitalidade e nos faz “focar” em fantasmas, ilusões, abstrações, saímos da realidade pela porta da tristeza, por incrível que pareça, sofrer “é cômodo” é mais fácil se entregar do que reagir, e o mais incrível, existe o perigo de ficarmos viciados na tristeza, é por isso que a reação é tão importante.

Viciado em tristeza? Isso mesmo, quase todo mundo conhece alguém com esta dependência, é uma das mais sérias porque é sutil e geralmente vem camuflada pela autopiedade. Sabe aquela pessoa que geralmente esta triste, sofrendo, sentindo pena de si mesma? Pois é, é uma viciada em tristeza.  

Importante é não confundir "Depressão" com o "vício em tristeza" enquanto uma é um estado patológico. "Depressão não é tristeza. É uma doença que precisa de tratamento. Cerca de 18% das pessoas vão apresentar depressão em algum período da vida. Quando o quadro se instala, se não for tratado convenientemente, costuma levar vários meses para desaparecer. Depressão é também uma doença recorrente. Quem já teve um episódio na vida, apresenta cerca de 50% de possibilidades de manifestar outro; quem teve dois, 70% e, no caso de três quadros bem caracterizados, esse número pode chegar a 90%. A depressão é uma patologia que atinge os mediadores bioquímicos envolvidos na condução dos estímulos através dos neurônios, que possuem prolongamentos que não se tocam. Entre um e outro, há um espaço livre chamado sinapse, absolutamente fundamental para a troca de substâncias químicas, íons e correntes elétricas. Essas substâncias trocadas na transmissão do impulso entre os neurônios, os neurotransmissores, vão modular a passagem do estímulo representado por sinais elétricos. Na depressão, há um comprometimento dos neurotransmissores responsáveis pelo funcionamento normal do cérebro". (Ricardo Moreno)

Reagir é uma ação que exige determinação, exige fazermos uma lista do que é necessário e nos aplicarmos “determinadamente, teimosamente, disciplinadamente e até sacrificialmente” até concluir cada tarefa, caso contrário a tristeza nos trará seus frutos destruidores, não permita isso.

Não existe uma pílula mágica para se livrar, o que existe é a necessidade de um esforço consciente em um único sentido até obter o resultado desejado.
E a falta de energia que a tristeza produz? É outra ilusão da tristeza, pois nem esta e nem outro sentimento pode “de fato” destruir e retirar nossa energia, esta se matem sempre, está lá, guardada, acumulada, alimentada e pronta para ser utilizada. Procure e Use. Sem economia pois esta energia é inesgotável e tremendamente poderosa.

Crie uma disciplina diária;
Aplique-se a esta disciplina;
Pontue cada tarefa e só a deixe quando terminar;
Coloque sua energia para realizar e não para lamentar;
Direcione sua energia, sua tristeza, suas lágrimas para produzir.

Múcio Morais